segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Quando tínhamos que rebobinar a fita



Você já ouviu falar do sistema VHS ou fitas de VHS? Pois então saiba que antes de aparecer os DVD's ou Blue Ray, era com esse sistema que assistíamos filmes na tv da nossa casa. 

O termo VHS significa Video Home System que é a tradução de Sistema de Vídeo Caseiro.

Foi um sistema de gravação de áudio e vídeo desenvolvido pela  Victor Company of Japan (JVC) na década de 70 mais especificamente em 1976. 

Esse formato de vídeo foi predominante durante o final dos anos 70, emendando e chegando ao auge nos anos 80 e 90. 

Lembro que na minha infância alugávamos essas fitas para assistir os lançamentos dos cinemas tal como fazemos com o DVD atualmente, porém com uma diferença básica. Ao terminar de assistir ao filme tínhamos que rebobiná-la. 

Para quem não está familiarizado com o termo, rebobinar nada mais é do que voltar o vídeo para o seu começo. 

O rebobinamento do VHS era algo tão sério que tinha locadoras que cobravam uma taxa caso você não fizesse. Claro que não era levado ao pé da letra, pois cansei de alugar filmes e quando colocava no aparelho de videocassete todo empolgadão para assistir, PIMBA! Os créditos do filme começavam a subir indicando que o infeliz que ficou com ela anteriormente não fez, e lá ia você tendo que fazer o serviço que o abestado anterior deixou de fazer. Eram de 10 a 20 minutos para deixar a fita no ponto certo. 

Só quem viveu nessa época teve o prazer de alugar o clássico Rei Leão da Disney que possuía a cor verde. Quem lembra?  A Disney depois lançou outros clássicos que também vinha com a fita colorida.



Nesse mesmo período meus pais compraram um videocassete que gravava as imagens da televisão. Uma alegria só, minha mãe gravava todos os filmes e especiais de final de ano que passavam na Globo para nunca mais ver de novo ( kk) Era um tão de Roberto Carlos e Xuxa Especial além dos clássicos Esqueceram de Mim e O Máskara. 

Com o tempo e por ficarem por um longo período guardadas, essas fitas acumulavam fungos e mofo e praticamente perdia seu conteúdo. Você tentava reproduzir e não conseguia, a imagem vinha comprometida e elas acabavam indo para o lixo. Nessa época não sabíamos que existia uma forma de limpá-las. Quantos arquivos de família não foram perdidos por falta de informação, uma pena.  



Infelizmente ( ou felizmente ) a tecnologia sempre avança e com a chegada dos DVD's houve um declínio e os VHS perderam mercado. Hoje, apenas os nostálgicos, colecionadores e àqueles que ainda possuem arquivos de cunho pessoal continuam utilizando os mesmos. Já eu, apenas guardo na minha memória a época que eu tinha que rebobinar as fitas. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça