sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Por trás das músicas infantis dos anos 80 - Parte II

Devido a boa aceitação do público referente a descoberta do que há por trás das músicas infantis dos anos 80, resolvemos fazer uma segunda parte. 

Nessa segunda parte, ao invés de focarmos os grupos infantis, vamos aumentar um pouco mais a faixa etária e falarmos dos cantores que, apesar de serem voltados ao publico infanto juvenil, alcançaram sucessos com músicas que animavam também as crianças.  

Let's go!

Ah a Angélica que vivia de vestidinho e shortinho curto só pra mostrar a tão famosa pintinha que tem na sua perna. 


Por trás da sua música mais famosa, ela diz que "se tocou no banho".



“Mas no banho
Foi só me tocar
De repente
Lembrei do teu olhar”

Safadinha 😏

Parece que, quem também gostava de uma masturbação era a Patrícia ex Trem da Alegria


"Quando os dedos tocarem lá no céu
O universo vai todo estremecer,
E as estrelas rodando em carrossel
Testemunhas do amor: eu e você."

"As batidas do nosso coração,
Se acalmando depois da explosão
Quando os sol se prepara pra nascer
Ôôô....
Sonho de amor..."

Voltando à Angélica, nessa outra música ela demonstra estar preparada pra qualquer coisa. 


"Eu dou sim, eu dou sim.
Se você quiser é só pedir pra mim"

E quem pediu foi o Grupo Polegar. 


"Dá pra mim..." 

E o que dizer da carência da nossa saudosa Mara Maravilha? 


"E quantas noites eu juro que te amo
Ou que estou com você
Mas eu acordo sozinha a perigo
O que eu posso fazer?"

Nosso querido e inocente palhaço Bozo, também nunca me enganou. Primeiro pede para uma criança cheirar seu cangote e depois repete exaustivamente a expressão "dá, dá, dá". 

 
“E na careca também!
cheira o cangote meu bem! (ai que delícia!)
Dá uma bitoca no meu nariz!
(agora todo mundo)
dá dá dá dá dá, vê se dá!”

Para finalizar temos uma música que está presente no disco "A Arca de Noé" do ano de 1980, interpretada pela "As Frenéticas". Essa música, literalmente fala sobre as picardias de uma aluna com seu professor de piano. 😛


"E no passado que a sala escondia
A menininha ficava a esperar
O professor de piano chegava
E começava uma nova lição" 

Nós sabemos o que esse professor realmente ensinava para a pobre menininha "inocente". 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça