terça-feira, 22 de novembro de 2016

Por trás das músicas infantis dos anos 80

Os anos 80 e comecinho dos anos 90, para muitos foi a melhor época para se viver. Quem passou a infância nessa período deve se lembrar com carinho das músicas que faziam sucesso naquele tempo. 

Foi o tempo no qual a música e os programas infantis dominavam as televisões e os rádios e as crianças eram vistas em primeiro lugar. Mas será? 

A rainha dos baixinhos, Xuxa, com sua roupa adequada para as crianças

Apesar da foto que utilizei para retratar a época,  não é das roupas que eu quero falar, quero mesmo e falar das músicas e suas letras um tanto quanto cheia de "duplo sentido". 

Claro que a noção de infância naquele tempo era outro. As crianças eram vistas como adultos pequenos e tudo tinha uma malícia como "Os Trapalhões", a "Escolinha do Professor Raimundo", e outros programas, porém não havia o "politicamente correto" como hoje. O humor estava nas segundas intenções das coisas e eramos inocentes demais para levarmos tudo ao pé da letra. 

Como um bom vivente daquela tempo, selecionei algumas músicas de famosos grupos infantis da época, que a criançadinha ouvia, pulava, dançava, mas que nunca perceberam que eram "pesadas". 

Acompanhem: 

Começamos a lista falando da nossa eterna rainha dos baixinho que até "pegava leve" com as crianças com músicas que continham letras que estimulavam o bullying. 


Xuxa ensina o bullying dizendo: 

“Ele se acha lindo, sexy, punk, vejam só
Dá um close nele, ele é feio que dá dó..."

Isso porque nessa época nem existia o termo bullying. 

Nessa outra música, ela ensina a intolerância dos gêneros. Reparem a partir do minuto 1:30



“Primeiro enfrentou kid papão com uma rasteira
Ai ai ai que dor profunda kid papão caiu de… (bunda)
Depois veio um tal mete chinelo e tome cinto
Fugiram feito lagartixa e o povo atrás gritava…(bicha)”

Mas nem só de ensinar as crianças zoarem as outras vivia a Xuxa, ela também ensinava a saliência 😁



Em "Turma da Xuxa" ela canta: 

“E o Betão apaixonado
Foi beijar a Marieta errou a sua boca
E beijou sua bochecha”

Nós sabemos o que você quis dizer com "bochecha" dona Xuxa. 😎 

Por falar em Xuxa, com certeza ela fez muita criança ficar apaixonada por ela, principalmente esse garotinho da música abaixo que cada dia ficava mais apaixonado ... 



“E cada dia mais eu me apaixono e te acho mais linda
Eu fico imaginando, quero ser seu namorado
Mas fico com vergonha do meu pai que está do lado
Você é a culpada do meu banho demorado, Xuxa”

Eu era tão inocente que achava que ele demorava no banho porque queria ficar o mais limpo e cheiroso possível pra Xuxa. Mas o significado realmente era outro. 😋✊💦

Na música "Lambada da Alegria", o cantor mirim diz para a amiguinha colocar uma sainha curtinha, rebolar a bundinha que é bom pra sarrar danar..."



“Põe aquela tua saia curtinha 
Empina, remexe a bundinha
É bom, que é bom, pra danar
Vai remexendo a cintura com jeito”


Divertida mesmo é essa música que fala desse objeto "redondinho e gostoso de brincar" 😕


“É redondinho e tão gostoso de brincar
Segure firme bem na ponta dos seus dedos
Me dê um beijo que eu vou te ensinar
Enrola, enrola, também to querendo
Pra baixo e pra cima, subindo e descendo
Enrola, enrola, do jeito que eu faço”

Na música "Jandira" aparece de novo aquele nosso garotinho "espertinho". 


“Forrei o pasto de capim pra te agradar
Mas você só pensa em me avacalhar
Eu sou vaqueiro, mas eu vou me entregar
Me chama de bezerro e me dá de mamar”

É, não dava para esperar muito de uma música que é cantada em parceria com o grupo Ultraje à Rigor.

Tá ok, o grupo Trem da Alegria bateu o recorde, mas o que falar do "Pinguilim" do Júnior? 



“E fui crescendo só querendo brincar
E a rua sempre foi um bom lugar
Meus amigos não largavam de mim
Só pra brincar com meu pinguilim
Meu pinguilim, meu pinguilim
Quero brincar com meu pinguilim”

Para finalizarmos esta lista, só faltou mesmo falar do "Balão Mágico" que não gostavam muito da sua vizinha. 



"Eu conheço uma galinha
A galinha da vizinha 
Avezinha magricela e depenada..."


Vamos ficando por aqui, espero que tenham se divertido com a postagem. E não precisam ficar tímidos, podem comentar à vontade, nos criticar, nos elogiar e acrescentar outras informações que foram esquecidas na postagem. Abraços e até a próxima. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça