sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Programas clássicos do SBT - Parte 2

Em comemoração aos 35 anos que o SBT fez no mês passado, no começo da semana, postamos a primeira parte do texto que fala um pouco sobre os programas mais clássicos da emissora. 

Essa segunda parte irá apresentar programas mais atuais, mas que não deixam de serem clássicos e que marcaram também a vida de muita gente. 

Se ainda não viu a parte 1, clique aqui. 

1 - Passa ou Repassa



Inspirado no programa norte-americano Double Dare, o Passa ou Repassa estreou no SBT em 1987. No programa, dois times de pessoas participam de um quiz com perguntas e respostas sobre conhecimentos gerais,  realiza-se também provas no palco e as equipes  são formadas em sua maioria por crianças e jovens. 
O quadro mais famoso do programa é o torta na cara, no qual dois participantes, um de cada equipe devem responder uma pergunta, quem apertar um botão primeiro, responde. Se acertar, manda uma torta de chantili no rosto do adversário. Se responder errado, ele mesmo leva a "tortada". 
Atualmente o Passa ou Repassa é apenas um quadro no programa Domingo Legal apresentado por Celso Portiolli. 

2 - Fantasia



O programa passou por 4 fases distintas, mas a que fez mais sucesso tinha quatro apresentadoras que alternavam no comando das brincadeiras e conversavam com os espectadores que participavam de diversos jogos por telefone. 
O programa durou até 2008 e alavancou a carreira de várias modelos que passaram por lá. Umas viraram cantoras, outras atrizes, jornalista e etc. 

3 - Qual é a Música?



Qual é a Música?  promovia no palco uma gincana musical com a presença de três artistas do sexo feminino e três do sexo masculino. Ao longo do programa, ambos os trios demonstram seu conhecimento musical em uma série de provas. Quando eles não sabem a música quem participa é o auditório que canta e ainda sai com um prêmio em dinheiro do programa. Como a música é uma das estrelas, o "Qual é a Música?" contava com uma orquestra ao vivo no palco com a presença do coral do SBT e de dubladores.

4 - Cinema em Casa



Cinema em Casa era uma sessão de filmes exibida nas tardes do SBT até o ano de 2010, nos moldes da Sessão da Tarde da Globo. Divertiu por muitos anos, mas devido a falta de audiência foi substituída pelas tardes de novelas da emissora.  

5 - Programa do Ratinho



No ar desde 1998, o programa do Ratinho mistura um conteúdo popular, com música informação, entrevistas, brincadeiras, humor, diversão e as principais notícias do Brasil e do mundo. Além disso, misturavam-se reportagens informativas (denúncias, debates, flagrantes, prestação de serviço, utilidade pública, explicações de problemas populares) com apelações puras (exibição de portadores de doenças graves, alongamento de pênis, estimulantes sexuais, problemas conjugais, crimes hediondos, matérias variadas abordando o sobrenatural, religião, espiritualidade, crenças, assuntos fortes e polêmicos, etc.), assim como há também a promoção do reencontro de parentes que não se vêem há décadas e os conhecidos testes de DNA, onde as pessoas brigam para provar ou confirmar a paternidade. 

6 - A Praça É Nossa



Reunindo um cenário simples e ao mesmo tempo muito prático, A Praça é Nossa nada mais é que um senhor sentado num banco de uma praça por onde passam vários personagens que representam o cotidiano em situação cômica. Apesar de simples, o programa sempre se destacou  pela diversificação em seu humor. 

7 - Chaves e Chapolin



Chaves e Chapolin dispensam comentários. Desde sua estreia até os dias de hoje ainda é a "menina dos olhos da emissora", onde sempre que precisa de um programa para ocupar algum espaço vago ou garantir alguns pontinhos de ibope, Chaves ou Chapolin são chamados para ocupar o lugar. 
Ambos interpretados por Roberto Gomez Bolaños traz um humor sem apelação que ainda atrai adultos e crianças.

8 - Show do Milhão



É um programa de perguntas e respostas que concede um prêmio máximo de 1 milhão de reais. O programa consistia em três rodadas e uma pergunta final: a primeira continha 5 perguntas, cada uma valendo mil reais cumulativos. A segunda, de 5 perguntas valendo R$ 10 mil cumulativos cada. A terceira, de 5 perguntas de R$100 mil reais cumulativos cada. A última pergunta valia R$ 1 milhão.

10 - Hebe



No programa, Hebe Camargo recebia em seu sofá grandes nomes do mundo dos artistas, políticos e personalidades internacionais. 

11 - Tentação



O programa reunia 60 clientes das lojas do Baú da Felicidade que estavam em dia com o pagamento do carnê de mercadorias do Baú. Durante o programa os clientes participavam de brincadeiras valendo prêmios, geralmente eletrodomésticos e eletro-eletrônicos. No programa de perguntas e respostas há 3 vitrines, em cada uma deles havia uma resposta.
No final do programa, os participantes que permaneciam no palco retiravam maçãs, sendo que em apenas uma havia a flor, e nas outras nada, os participantes que pegavam a maçã vazia ganhavam mil reais em barras de ouro. O que conseguia a maçã com a flor, ia para a final, participando do jogo do xis com chance de ganhar um carro 0km. 

12 - Casa dos Artistas



A Casa dos Artistas reuniu em uma casa vários famosos que ficavam confinados por vários dias em uma casa disputando um prêmio principal. Os participantes tinham como objetivo permanecer na casa até o último dia, quando a audiência escolheria por meio de voto por telefone que seria o grande vencedor. 
A Casa dos Artistas não foi nada mais nada menos do que um Big Brother com artistas e celebridades, mas que em sua primeira temporada obteve um sucesso estrondoso. 

13 - Domingo Legal



No ar desde 1993, o programa mescla informações entretenimento, diversão, emoção, humor, atrações musicais, entrevistas e games.
Durante muito tempo foi comandado pelo apresentador Gugu Liberato e logo se tornou um dos mais assistidos do SBT e conseguiu rápida identificação do público. 
Desde 2009 quem comanda o programa é Celso Portiolli que deu um novo ritmo à atração, mas ainda continua animando os telespectadores. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça