quarta-feira, 6 de abril de 2016

Métodos curiosos para se evitar cola durante as provas

Começou a semana de prova lá na escola no qual dou aula. Nada de muita pressão, pois se trata somente das avaliações bimestrais. 

Quando se trata de Ensino Fundamental I não há tanta coisa em jogo comparado a semana de prova das faculdades, pois a exigência é menor e se trata somente de algo para seguir um protocolo, logo que as avaliações são constantes e feitas no dia-a-dia de aula acompanhando o desenvolvimento do aluno.  

Por outro lado, quando se é mais velho, ir bem nesses testes pode significar um caminho livre para o andamento do ano letivo, por isso muitos ficam estressados e nervosos, tentando manter uma concentração muito grande para evitar o fracasso. 

Devido ao grau de exigência, alguns alunos que se dizem espertinhos apelam para o artificio da "cola" e por incrível que possa parecer, mesmo em uma turma composta apenas por crianças, sempre tem aquele que quer dar um jeitinho de se beneficiar. 

Para tentar evitar o ato, alguns professores adotam artimanhas para dificultar ao máximo aquela espiadinha na atividade do colega ao lado. Confira agora uma lista com 10 formas curiosas utilizadas por professores para impedir a "cola". 

Chapéu de papel 



Uma ideia criativa que no máximo gastará umas folhas em branco sem necessidade. Aqui no Brasil essa ideia não funcionaria, pois os alunos iriam se recusar e ainda alegariam que não são nenhum tipo de animal para usar cabresto. 

Pasta para tapar o olhar 



Essa sim é muito boa e nos faz lembrar de uma cabine de votação. 

Tirar a roupa dos estudantes



Obviamente esse técnica não serve para sala de aula, mas parece que foi muito eficaz para esses soldados. 

Detectores de metal 



Na era da tecnologia, todo o cuidado é pouco. Isso evita o uso de celulares e aparelhos eletrônicos, mas não o uso do bom e velho papelzinho no tênis ou escrita na palma da mão. 

Sentar em cima da porta 



Essa técnica facilita uma melhor visualização de toda a sala e inibe os espertinhos. 

Drones 



Com um drone sobrevoando a sala com uma câmera embutida, ninguém vai querer correr o risco de ser pego colando. 

Câmera de vigilância 




Essa ideia segue a mesma linha da anterior. Basta ter uma central de monitoramento. 

Caixa na cabeça dos alunos 



Deve incomodar muito fazer uma atividade com isso na cabeça. Essa eu descarto. 

Alunos ao ar livre 



Para esse é necessário ter uma extensa área livre e os alunos devem ser posicionados a dois metros de distância do colega que senta atrás e ao lado. Muito eficiente. 

Recolher os celulares 



Muitas escolas já praticam essa, pois o uso de celulares em ambiente de sala de aula é proibido. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça