quinta-feira, 15 de outubro de 2015

5 professores que mudaram de alguma forma a história da educação no Brasil

Nesse dia dos professores apresentamos 5 profissionais da educação que revolucionaram o sistema educacional no Brasil.


1 - Correia Picanço ( 1745 - 1823 )



Em 1808, ele criou a primeira faculdade brasileira: a Faculdade de Medicina da Bahia, onde atuou como professor. Também foi o responsável pelo surgimento da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. 

2 - Anísio Spínola Teixeira ( 1900 - 1971 )



Pioneiro na implantação de escolas públicas para todos os níveis, atuou como inspetor educacional na Bahia. Também fez parte de um grupo de educadores que criou o manifesto "Pioneiros Pela Educação Nova", que buscava um sistema estatal de ensino livre e aberto. 

3 - Esther de Figueiredo Ferraz ( 1916 - 2008 )



Foi a primeira mulher a dar aula na USP. No Ministério da Educação e Cultura, regulamentou a emenda que estabeleceu percentuais mínimos obrigatórios para a aplicação na educação dos recursos arrecadados em impostos. 

4 - Paulo Freire ( 1921 - 1997 )



É um dos pensadores mais notáveis da pedagogia mundial. Ele influenciou o movimento "pedagogia crítica" e defendeu um currículo organizado por temas que partem da situações concretas vivenciadas pelos estudantes, onde há uma construção coletiva entre professor e aluno. 

5 - Dermeval Saviani ( 1943 )



Considerado um filósofo da educação, fundou uma pedagogia dialética, a "Pedagogia Histórico-Crítica". O principal objetivo dela é a transmissão do conhecimento significativo para que contribua com a inclusão social. Em 2008 recebeu o Prêmio Jabuti. 


Uma singela homenagem para esses profissionais que são tão pouco valorizados pela sociedade e respeitado pelos alunos, mas que com boa vontade conseguem ser importantes. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça