segunda-feira, 7 de setembro de 2015

A Psicologia das cores



Na cultura ocidental, as cores podem ter alguns significados, alguns estudiosos afirmam que podem provocar lembranças e sensações às pessoas. Ás vezes, as pessoas no ano-novo colocam roupas com cores específicas que representa melhor sua espiritualidade ou a cor que mais lhe toca. Exemplo disso são as pessoas que passam de verde esperando esperança para o ano seguinte, ou de branco esperando a paz. 

Segue abaixo outras cores e ao lado o que representa cada uma delas. 

Cinza: elegância, humildade, respeito, reverência, sutileza.

Vermelho: paixão, força, energia, amor, liderança, masculinidade, alegria ( na China ), perigo, fogo, raiva, revolução e "pare";

Azul: harmonia, confidência, conservadorismo, austeridade, monotonia, dependência, tecnologia, liberdade e saúde;

Ciano: tranquilidade, paz, sossego, limpeza e frescor;

Verde: natureza, primavera, fertilidade, juventude, desenvolvimento, riqueza, dinheiro, boa sorte, ciúmes, ganância e esperança;

Amarela: velocidade, concentração, otimismo, alegria, felicidade, idealismo, riqueza (ouro), fraqueza e dinheiro; 

Magenta: luxúria, sofisticação, sensualidade, feminilidade, desejo;

Violeta: espiritualidade, criatividade, realeza, sabedoria, resplandecência, dor;

Alaranjado: energia, criatividade, equilíbrio, entusiasmo, ludismo; 

Branco: pureza, inocência, reverência, paz, simplicidade, esterilidade, rendição, união;

Preto: poder, modernidade, sofisticação, formalidade, morte, medo, anonimato, raiva, mistério, azar;

Castanho: sólido, seguro, calmo, natureza, rústico, estabilidade, estagnação, peso, aspereza.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça