sexta-feira, 5 de junho de 2015

Noite de magia




Uma canção doce como o beijo da lua
dançava em um jardim de alegria.
Na meia-noite letras cantavam com paixão,
melodias se formavam só por diversão.
Uma pura fada vivia triste, muito sozinha
tudo para fazê-lá sorrir, em uma grande noite de magia.
Uma fada dançava para lua
com tinta sob o papel,
assim se fazia feliz.
Quando delicadas lágrimas 
sua face tocava, o silêncio se ia com o vento
e belas melodias o ar cobria,
com o perfume de flores coloridas 
dançavam letras que cantavam esperança.
Enquanto amanhecia,
o silêncio beijava o ar,
letras pousavam em seu lugar.
Enquanto se fazia dia
uma pura fada adormecia, só por alegria.
Apenas esperando,
uma nova noite de magia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça