terça-feira, 12 de maio de 2015

Denúncia: A Conmebol está perseguindo ao Corinthians?



O time do Corinthians foi campeão da edição de 2012 da Libertadores da América tirando o peso de nunca ter conquistado o torneio das costas. A partir dali, o que se viu foi inúmeros jogos que o time foi prejudicado descaradamente.

Começou com uma punição na competição do ano seguinte quando o clube foi obrigado a jogar uma partida com portões fechados. Naquela ocasião a punição parecia justa devido ao fato de no jogo anterior, após um acidente com um rojão, um torcedor saiu morto.

Mas parece que a queda de braço que alguns torcedores quiseram ter com a confederação ao entrar na justiça comum para reivindicar o acesso ao jogo em questão desencadeou uma perseguição nos bastidores da entidade com o clube.

Na fase seguinte, tanto fez que conseguiu ao escalar um famoso juiz caseiro que aparenta ter favores a cumprir, deliberadamente prejudicasse o time em um dos maiores escândalos de arbitragem dos últimos tempos que ocasionou a eliminação precoce do time no torneio.

O juiz conseguiu tirar toda e qualquer chance de reação do clube a não assinalar dois pênaltis e ainda anular um gol legítimo. 

Na edição atual de 2015, já no jogo de estreia, o principal jogar do clube foi expulso em pouco tempo de partida após um lance que o critério do juiz não foi respeitado para ambas as equipes. E depois do julgamento pegou um gancho de três partidas. 

A última deliberação foi no clássico local contra o seu rival paulista, onde em situação semelhante de 2013 a arbitragem não permitiu a reação do time ao expulsar injustamente um jogador do time aos vinte minutos de jogo. Quando o jogo poderia ficar mais equilibrado mais um erro do juiz freou uma possível reviravolta e o mesmo expulsou mais um jogador sem necessidade.

E mais uma vez o rigor do tribunal fez com que os jogadores expulsos ficassem fora de mais jogos importantes.

Vão dizer que o tribunal está mais rígido e eu até concordo, porém não está havendo o mesmo peso em casos semelhantes. Prova disso que outros times não foram julgados por incidentes em seus estádios como o caso de uma pilha que acertou um auxiliar, ou o caso do jogo do Boca Júniors contra o River que o pau comeu solto, houve cusparadas e nada acontecerá. 

Pode parecer chororô, mas estamos de olho.Vamos aguardar o decorrer da competição torcendo sempre pelo título do clube, mas que se houver alguma eliminação precoce, esperamos que não seja motivado por nenhuma força externa. 

Fica até meio chato uma postagem dessas antes de uma partida importante, vão dizer que já é uma desculpa para uma possível eliminação.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça