quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Um ridículo projeto de viagem para colonizar Marte




Essa semana divulgaram uma lista com 100 candidatos finalistas que avançaram para uma próxima fase de seleção para uma viagem tripulada para o planeta Marte. 

Se já não bastasse tudo isso ser meio que loucura, para minha surpresa,  há também uma brasileira que está nesta lista. Ela se chama Sandra Maria Feliciano Silva tem 51 anos e mora em Porto Velho no estado de Rondônia. 

Entre os outros candidatos que avançaram de fase estão pessoas com diversas faixas etárias. As mais novas têm 19 anos e vêm da Austrália e da Índia, enquanto a mais velha do grupo tem 58 anos e vem dos Estados Unidos. Veja a lista completa aqui.

Agora analisando os fatos, diz que a expectativa do lançamento da missão seja em 2025, com o que eles chamam de viagem para Marte que na verdade não passa de uma viagem para a Morte. A ideia é colonizar o planeta para futuras gerações, porém como algumas emissoras americanas já destacaram, os planos não foram bem analisados e um dos detalhes que mais questionam é o fato de que é bem possível que a tripulação morra de sufocamento muito antes do pouso. 

Gente, é só ler um pouco sobre o assunto para sabermos que não temos a tecnologia necessária para uma viagem desse porte, logo que também mal conseguimos pousar um robô pequeno lá. Sem contar que se a pessoa de 58 anos for selecionada, daqui 10 anos ela terá 68 anos e levar um idoso para uma exploração dessa é ridículo, pois querendo ou não o corpo da pessoa já não é tão jovem para suportar toda a rotina.

Sabe-se que a próxima etapa pretende eliminar 76 candidatos para chegar a um número final de 24 pessoas que serão divididos em 6 grupos para uma bateria de testes antes do lançamento da missão. 

Não sei quem são os mais doidos, os que invetam esse tipo de missão ou os que aceitam participar disso. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça