quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Sobre Big Brother, eliminação e racismo



Nessa última terça-feira ( 24 ), Angélica, participante da 15ª edição do Big Brother Brasil foi eliminada do jogo em um paredão triplo, com 69% dos votos.  

A aparência contrastante da jovem, com seu cabelo raspado e batom colorido, só reflete seu temperamento autenticamente ousado, explosivo eu diria. Angélica colecionou diversas discussões na casa, por não medir palavras e não esconder seu posicionamento em relação às atitudes de alguns brothers. E era isso que incomodava a maioria dos expectadores.

Não me espanta ela ter sido eliminada com uma porcentagem alta para um paredão triplo, já que uma pessoa que se dispõe a manter uma postura mesmo que ela desagrade aos outros tem que estar preparada para arcar com as consequências. Mas o curioso na eliminação de Angélica foi que sua mãe, Maria do Carmo, torcia para que a filha DEIXASSE a casa. Nem Pedro Bial pôde esconder sua curiosidade: 

"Porque a senhora está agradecendo tanto?"

"Porque o que minha filha estava passando aqui e a gente passando lá fora. Estava pedindo a Deus, aos meus orixás, ao meu pai Ogum, minha mãe Oxum. Porque a gente estava sofrendo demais aqui fora com o racismo"

Pego de surpresa, o apresentador se viu obrigado a interromper a senhora durante a resposta. 

Segundo a família de Angélica, após uma briga com outros participantes da casa, as torcidas dos participantes em questão passaram a atacar Angélica e sua família na internet. As redes sociais da mãe da jovem foram bombardeadas com insultos de cunho racista, por conta da postura adotada por Angélica dentro da casa. Um fato mais curioso ainda é que a cor da pele de Angélica aparentemente não era o real motivo do ódio que essas pessoas passaram a nutrir por ela. 

"Vamos votar nesta ANTIPATICA,PREPOTENTE E ACIMA DE TUDO IDIOTA, CEBOZA uma tal de ANGELICA.MUITO TRITE QDO UMA COBRA QUER VOAR.RESPEITO, EDUCACÁO NAO SE CONSEGUE COM GRITOS."

"não comprei payperviw para ficar vendo essa amanda(leia-se Angélica) gritar e nem fazer caras e bocas.deus me livre de um dia parar no hospital e pegar uma enfermeira tão arrogante quanto ela.Só pq esta no bbb ela esta se achando."

"Angélica exagerou na sua" AUTENTICIDADE", ninguém consegue ser totalmente implacável, intragável e tão pouco inteligente -> não sabe ouvir!!"

"mandou muito bem, tirou essa cobra cascavel da casa, ainda falta mais 3, vamo la garoto!!!!!! essa cobra, nao tem senso"

Esses são alguns comentários de internautas sobre Angélica. Perceba que todos são relacionados à imagem que ela passou dentro da casa. Ainda assim, a maioria das provocações retratadas pela mãe e pela irmã da jovem segue uma linha racista.

O que essa família sofreu não é preconceito racial, é ofensa gratuita, simplesmente direcionada a um aspecto que as pessoas acham ser negativo. O fato da moça ser negra nada tem a ver com as atitudes dela que não agradaram. Qualquer um é completamente livre pra discordar do que ela faz e manifestar isso publicamente, uma vez que ela se sujeitou a isso quando se inscreveu no programa. Mas o que as pessoas fizeram, antes de tudo é um ATAQUE. Invadir o espaço de alguem, ainda que virtual, e preenche-lo com agressões e insultos já estava muito errado antes do envolvimento do racismo. Isso porque eu nem citei que os filhos da jovem pararam de frequentar à escola por conta dessas humilhações. O fato dos ataques serem direcionados à cor da pele só relevam ainda mais o quanto essa atitude é inaceitável.

É uma violência fútil, que nem sequer tem fundamentos raciais, simplesmente acolhe o racismo por comodidade dos responsáveis, que certamente por essa mesma comodidade respeitam outros negros que os cercam sem nenhum tipo de resistência.

Simplesmente não entendo como um posicionamento diferente (e de certa forma exagerado, hei de concordar) cause mais impacto nas pessoas do que a falta de caráter de outro certo participante, por exemplo, que entre outros incidentes roubou um pedaço de frango e tentou comer escondido das câmeras, e com isso puniu todos os outros participantes, e mesmo assim recebeu só 8% dos votos.
Mais estranho ainda é o fato da cor da pele desse outro participante não ser tão determinante na sua aceitação pelo público, já que ele também é negro.

Ou talvez eu até entenda... Afinal é natural que um negro se reserve ao que é esperado dele, já uma mulher negra que acha que pode ser mais que todo mundo está errada, e tem que ser posta em seu lugar, não é mesmo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça