quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

A história dos controles de videogame - Parte Final

Chegamos aqui à parte final da postagem e junto dela mostraremos os controles de última geração. 

Se você não viu as duas primeiras partes, clique aqui e aqui

Sem mais delongas, vamos ao trabalho: 

SONY PLAYSTATION DUALSHOCK (1997)



O melhor controlador de todos os tempos? O DualShock definiu o valor de referência, tanto que os subsequentes tiveram que tentar aperfeiçoar o projeto da Sony. Ele fez com que todos os botões se posicionassem a uma distância confortável entre eles, melhorando assim sua dinâmica com os polegares. Uma perfeição em uma caixa de plástico cinza. 


SEGA DREAMCAST (1998) 




O Dreamcast inaugurou a sexta geração de consoles e era muito promissor. Ostentava um controle que contava com dois conectores para vários assessórios diferentes incluindo um sistema de memoria visual. Ele também introduziu o gatilho duplo alinhado a posição dos ombros. 


NINTENDO GAMECUBE (2001)



A importância do controle do Nintendo GameCube foi em sua variação sutil no Dualshock da Sony. Enquanto a Nintendo parecia admitir que a concepção tradicional do "direcional" oferecia uma melhor experiência de jogo sobre o seu controlador de N64 em três vertentes, os designers sentiram que o joystick para a esquerda também era uma boa, mantendo-o em linha com os botões principais. Também foi bom ter um controlador que não era cinza.

MICROSOFT XBOX (2001)



O controlador original para o Xbox da Microsoft levantou uma série de sobrancelhas: era uma certeza de que era confortável, e os gatilhos foram excepcionalmente bem colocado, mas era tão grande. 

NINTENDO WIIMOTE E NUNCHUCK (2006)




Todos os requisitos essenciais para um controlador estavam lá: manche, trigger, botões - apenas com uma pitada adicional de controle de movimento.

MICROSOFT XBOX 360 S (2005)



Da mesma forma que nós estávamos preocupados, a Microsoft também estava, então com seu XBOX 360 conseguiu aperfeiçoar o DualShock da Sony. Uma master class ergonômico e durável o suficiente para durar anos (a menos que você jogue ele na TV).

MICROSOFT KINECT (2010)

O Kinect foi apenas uma das adições que prolongam a vida que a Microsoft trouxe para o Xbox 360. Um ótimo controlador de movimento que já pode ser considerado como sendo um dos mais importantes já feito. 

NINTENDO WII U GAMEPAD (2012)


Outro console da Nintendo definido por seu controlador, o Wii U tem lutado para derrubar seu irmão mais velho.

MICROSOFT XBOX ONE (2013)


A Microsoft gastou muito tempo pensando a melhor forma de substituir o controlador do 360. Idéias que passaram por testes de grupo incluíram os "emissores de cheiro", emitindo o cheiro de borracha ou pólvora queimada para "melhorar" a experiência de jogo. Felizmente não saiu do papel. O que pegou foi a retirada do caroço da bateria; características sonoras foram intensificados, incluindo agora gatilhos sonoros; e é geralmente mais resistente, supostamente capaz de sobreviver a uma possível "raiva do gamer". Vamos ver ...

SONY PLAYSTATION DUALSHOCK4 (2013)



O novo controle do PlayStation 4 é mais resistente e leve do que o do PS3, além de ter um acabamento mais suave e confortável. O elemento mais significante é a 'capacitiva' touch pad: um clique pad sensível ao toque e que pode fazer coisas maravilhosas. O Start e o Select foram substituídos por Share e Options.

Finalizamos a última parte, acredito que presenciar essa evolução é algo muito especial. Vamos esperar o que as próximas gerações podem nos proporcionar. Abraços. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça