sábado, 27 de dezembro de 2014

Retrospectiva: Os piores jogos de 2014

Fim de ano, hora de fazer uma revisão de tudo que aconteceu em 2014. Então começaremos a retrospectiva com os piores jogos lançados em 2014. Uma lista que inclui todas as plataformas. 






1 - Rambo: The Video Game (PS3, X360, PC)

Após muitos anos sem um novo filme ou jogo da franquia Rambo, foi no mínimo estranho quando Rambo: The Video Game foi anunciado. O título deveria reunir os melhores momentos da saga do soldado, mas apenas conseguiu trazer um dos piores jogos de tiro sobre trilhos já lançado para videogames. Este é um jogo que pode te dar traumas de guerra.




2 - Murdered: Soul Suspect (PS4, XOne, PS3, X360, PC)

O conceito de Murdered se provou muito interessante no início, um título que começa com a morte do seu personagem e sua subsequente jornada para encontrar seu assassino. A execução no entanto foi terrível e há apenas um mínimo de jogabilidade para justificar chamá-lo de “jogo” e não “filme interativo”.




3- Transformers: Rise of the Dark Spark (PS4, XOne, PS3, X360, WiiU, PC)

A franquia Transformers encontrou uma boa base nos videogames com títulos como War for Cybertron, mesmo que os jogos baseados na série de filmes não fossem muito bons. Rise of the Dark Spark deixa todas essas coisas de lado e mistura o universo dos videogames e dos filmes para criar um jogo que consegue ser pior que todos os já lançados, muito monótono e linear.




4 - Escape Dead Island (PS3, X360, PC)

Quando o Dead Island original foi lançado, muitos jogadores se decepcionaram que ele não era exatamente o que eles esperavam, mas outros encontraram qualidades nele. Escape Dead Island simplesmente perdeu todas as qualidades do original e ainda manteve vários dos defeitos, sendo um dos jogos mais defeituosos e frustrantes dos últimos tempos.




5 - Sonic Boom: Rise of Lyric (WiiU)

Os jogos do mascote Sonic the Hedgehog da Sega já vinham caindo de qualidade ultimamente, porém ainda estavam em um nível esperado para o personagem. Rise of Lyric faz um grande esforço para piorar ainda mais o que já estava ruim, com uma jogabilidade estranha, frustrante e cansativa que o torna provavelmente o pior jogo de Sonic já lançado.





6 - The Amazing Spider-Man 2 (PS4, XOne, PS3, X360, WiiU, PC)

Há muito tempo o jogo Spider-Man: The Movie 2 foi uma grande sensação nos videogames, trazendo um grande mundo aberto incrivelmente divertido. Anos depois, é surpreendente que os games do herói não consigam captar sua essência, inserindo missões para salvar pessoas que não funcionam direito e introduzindo certos elementos stealth que fazem o Homem-Aranha parecer um fã do Batman.



7- Blue Estate (PS4, XOne, PC)

Baseado em uma série de quadrinhos com muito estilo e humor, Blue Estate tinha muito potencial para dar certo nos consoles, mas acabou sendo terrivelmente desenvolvido. Imagine atirar em bandidos durante 3 ou 4 horas com piadas que deveriam ser engraçadas mas acabaram se tornando apenas ofensivas, sem saber se o texto do jogo é tão ruim assim ou se ele está tentando ser uma paródia.




8 - Hyperdimension Neptunia: Producing Perfection (Vita)

A divertida série de RPG Hyperdimension Neptunia foi convertida em um jogo rítmico onde você precisa transformar as principais personagens em estrelas do entretenimento. O título escolhido, Producing Perfection, é uma cruel ironia para um game que consegue ter ainda menos jogabilidade do que Murdered: Soul Suspect, limitando a ação do usuário a trabalhar com ângulos de câmera com a intenção de fazê-lo admirar as personagens.





9 - The Legend of Korra (PS4, XOne, PS3, X360, PC)

Baseado na aclamada série de animação, The Legend of Korra começou a gerar grande expectativa nos jogadores quando foi anunciado que a Platinum estava a cargo da produção. Um jogo de ação desenvolvido pelos criadores de Bayonetta? Os fãs esperavam por algo épico. O produto final, no entanto, foi incrivelmente fraco, repetitivo e frustrante.




10 - Como Treinar seu Dragão 2 (PS3, X360, Wii, WiiU)

Muitos games já permitiram que jogadores montassem dragões e se sentissem poderosos fazendo isso, mas o título baseado no filme Como Treinar seu Dragão 2, não é um deles. É chocante imaginar como algo assim pode ser lançado no mercado, como uma coletânea de minigames onde a jogabilidade praticamente não funciona.




Então, concordam com a lista? Deixem nos comentários a opinião de vocês. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça