sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Medina, mês passado




Nos últimos dias, resquícios de 2014, um jovem brasileiro concretizou o feito impressionante de vencer o torneio mundial de surf, e ser o mais jovem na história fazê-lo. Em poucos dias, virou celebridade nacional, e não por menos, claro. Ganhou até pagina na Wikipédia. Esse ano não foi exatamente muito bondoso com o Brasil nos esportes (cof cof, sete a um), e um mundial de tal magnitude da certo animo, e certa esperança, mas já chego lá.

Porém, alguém sabia quem era esse garoto antes do mundial? antes de GANHÁ-LO? Bem, eu não, com certeza não sou o único. Vivemos em um país onde as namoradas do Neymar são capas de revista, e os verdadeiros esportistas não ganham nem espaço no rodapé. O "país do futebol" realmente só tem espaço para o futebol, e isso soa muito errado. Sejamos sinceros, não se trata nem só do surf, que outros esportes tem espaço e incentivo por aqui? Um atleta tem que viver por si só para se manter, e se quiser participar de qualquer competição, tem que tirar do próprio bolso - enquanto um jogador de futebol pode se aposentar tranquilamente antes dos trinta.

O garoto Medina representa um grande número dos que praticam um esporte e por muito tempo não se sobressaem e não tem oportunidades. Gabriel contou com seu talento - e talvez até certa sorte - para sua conquista. Mas quantos como ele que não apreciam as mesmas circunstâncias estão espalhados por ai? Puxando um pouco a memória, nas Olimpíadas passadas, alguns participantes brasileiros tiveram que pagar até mesmo a própria passagem para ganhar uma medalha em nome da nação. Pelo menos, esse novo título pode dar uma nova cara ao esporte brasileiro. 

Especificamente ao Surf, muitos esperam que dessa forma a modalidade possa ser levada mais a sério, e ganhar mais espaço. Mas também, para as outras, traz um fio de esperança de reconhecimento futuro, e quem sabe as manchetes deixem de ser "Fulano que chuta uma bola por milhões foi visto em algum lugar enchendo a cara", e passem a olhar a outra parte, um outro grupo de atletas que também se esforça pela sua arte, seja na ginástica, na natação, no basquete, no tênis, no skate, ou qualquer outra, e dedica sua vida a isso, mas não pode viver somente por ele.



Um comentário:

  1. There is shocking news in the sports betting world.

    It has been said that any bettor needs to see this,

    Watch this or stop placing bets on sports...

    Sports Cash System - Automated Sports Betting Software.

    ResponderExcluir

Pode comentar, é de graça