segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Corinthians 104



Primeiro de setembro de 2014. Cento e quatro anos atrás era fundado o maior clube paulista, brasileiro, e do mundo inteiro: Corinthians.

Depois de um dos momentos mais triste de sua história, o rebaixamento, foi como um renascimento para o clube. Desde então todas as lágrimas (quando houveram) que foram derramadas foram de felicidade. Mas foi muita felicidade mesmo. Algo inimaginável. Recordes alcançado, um futebol bonito, e títulos e mais títulos.

O que eu vou dizer a partir daqui pode parecer masoquista estranho, mas não. O Corinthians é o time do povo, do maloqueiro e do sofredor. 

Tanto daquele que não tem dinheiro para comprar uma camisa oficial de R$ 200,00 da Nike, como também o que tem condições para ver de camarote seu time ser campeão no Japão.

Mas independente da classe social, se o Corinthians perde no domingo, a semana já começa com o pé esquerdo, cara emburrada, puto da vida.

"É só um esporte", "é só futebol". Talvez, mas não quando se trata de Corinthians.

Eu acho que tantos títulos, vitórias e conquistas alcançadas, com o tempo acabaram sendo muito comuns, e o time se tornava inquestionável. Não havia mais motivos para debater e/ou discutir futebol, e nem mesmo defender o Corinthians, pois a situação já falava por si só. Tinha ficado “fácil” ser corinthiano. Realmente não parece normal achar isso ruim, mas o amor/paixão/fogo/união do torcedor e o time que era alcançado com bons e maus momentos, por não haver esta variação, parecia estar adormecendo. Uma derrota não entristecia mais como era antes.

Hoje já tem pouco mais de um ano de seu último título, a Recopa, e parece que já voltei ao meu estado normal de corinthiano. Xingo os pernas de pau quando merecem (quase sempre/quase todos), e mando o Mano para todas as casas inclusive a do baralho menos a do “Senhor”.

Tô P da vida por ter perdido para o Grêmio, e por ter perdido para o Bragantino na última quarta, e como ódio mais recente o empate de ontem contra o Fluminense.
Mas por mais raiva que me faça passar, as alegrias são maiores do que as tristezas, e isso é o que aumenta o amor que a torcida tem pelo time, e por isso hoje é um dia especial.

Parabéns e obrigado Corinthians, pelo seus 104 anos de vida.




Um comentário:

  1. There is shocking news in the sports betting industry.

    It has been said that any bettor must watch this,

    Watch this or quit placing bets on sports...

    Sports Cash System - Robotic Sports Betting Software.

    ResponderExcluir

Pode comentar, é de graça