quinta-feira, 28 de agosto de 2014

A trajetória das Tartarugas Ninjas na TV




1 - A primeira vez do "Santa Tartaruga!"

Em dezembro de 1987 foi a primeira vez que Leonardo, Michelangelo, Raphael e Donatello deram as caras na tv indo ar uma minissérie animada em cinco partes com suas aventuras na eterna luta contra o Destruidor. O sucesso foi tamanho que a produtora Murakami-Wolf-Swenson Film Productions Inc. teve que arrumar mais 13 episódios para o ano seguinte. No fim das contas, a série duraria firme e forte por quase 10 anos, até 1996.
Esta primeira série animada foi a verdadeira responsável pela popularização do quarteto. O tom das histórias é muito mais humorístico, com a ampliação total da obsessão por pizza e a primeira utilização das faixas com cores diferentes para cada um dos irmãos – já que, nas HQs, todos eles usavam vermelho inicialmente. Também foi o desenho animado que evidenciou ainda mais a diferença de personalidade entre os manos: Leo como o líder; Don como o crânio; Mike como o piadista; e Raph como o rebelde. E foi na série animada que eles começaram a falar com um linguajar mais “descolado”, inspirado nos jargões de surfistas/skatistas californianos, fazendo surgir a clássica expressão “Cowabunga!” – que, na dublagem brasileira, tornou-se “Santa Tartaruga!”.





2 - A versão Anime

Em 1996, foram produzidos dois OVAs da série Mutant Turtles: Choujin Densetsu-hen, com estilo de animação e humor totalmente inspirados na clássica animação americana. Inclusive, foram convocados os mesmos dubladores japoneses que deram voz aos personagens na exibição da produção norte-americana de 1987 em telinhas japonesas.





3- Versão Live-Action

Depois do sucesso dos filmes para cinema, em especial os dois primeiros, a Saban Entertainment, a mesma produtora dos Power Rangers, resolveu fazer esta série com atores das Tartarugas Ninja, batizada de Ninja Turtles: The Next Mutation. A iniciativa durou apenas um ano, ficando no ar de 1997 a 1998. Embora tenha sido vendida como uma continuação direta da série animada de 1987, na verdade ela se encaixa, cronologicamente, imediatamente depois dos acontecimentos dos filmes para cinema.
As Tartarugas, nesta série, eram na verdade cinco – porque juntou-se aos rapazes uma fêmea, devidamente batizada de Venus de Milo (em referência à estátua clássica) e treinada nas artes místicas dos ninja shinobi.
Embora tenta tido vida curta (apenas 26 episódios), a série teve um momento marcante: o encontro das Tartarugas com os Power Rangers da série Power Rangers in Space.





4 - As tartarugas e sua 2ª série animada

Depois do cancelamento da série live-action, as Tartarugas passaram o maior tempo de sua história sem uma atração permanente na televisão, até que uma nova série animada, produzida pela 4Kids Entertainment, daria as caras em 2003.
Equilibrando ação e humor, mas se distanciando do que os espectadores do desenho de 1987 esperariam, com laços familiares mais fortes entre eles, as Tartarugas ganharam personalidades mais complexas. Leonardo se torna ainda mais centrado e controlado, preocupando-se o tempo todo com treinamentos e entrando em conflitos frequentes com Raphael, o eterno esquentadinho; o espírito de Donatello, ainda o inventor, se torna mais tecnológico, geek, repleto de traquitanas de última geração computadorizadas. O humor fica ainda por conta de Michelangelo, um fã de filmes de terror e de histórias em quadrinhos que enxerga a ele e aos irmãos como super-heróis e adora a ideia de ficar famoso.


 


5 - As tartarugas e sua mais atual série animada

Esta nova série animada é moderna e dinâmica, com um visual arrojado e uma animação impecável, pegando a molecadinha de jeito. Mas, ao mesmo tempo, dosa ação e humor inteligente sem subestimar a sua audiência, capturando igualmente a atenção dos fãs da série original, de 1987.
Além das máscaras, existem algumas características físicas que diferenciam os quatro irmãos. Leo é de um verde um pouco mais escuro; Raph tem uma rachadura em forma de trovão na parte da frente do casco; Donny tem um espaço entre os dentes da frente; e Mike tem o que pode ser identificado como algumas sardas. Outros detalhes interessantes são aqui apresentados, como o medo que Raphael tem de baratas e seu amor pela tartaruga de estimação Spike (que mais tarde sofre uma mutação e se torna Slash) e o fato de que as referências sobre liderança de Leonardo saem de seu desenho de ficção científica favorito, Space Heroes. As Tartarugas são mais magrelas, esguias, parecem mais adolescentes, de fato.





Fonte: Judão.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça