quarta-feira, 9 de julho de 2014

Um pesadelo que teima em não ir embora




Sabe quando você acorda de manhã com aquela vontade de que tudo que aconteceu no dia anterior não passasse de um sonho? Pois bem, foi assim que eu e a maioria dos brasileiros que assistiram a vexatória derrota da seleção brasileira para a Alemanha por 7 a 1 se sentiram. 

Só depois que a adrenalina do jogo diminuem que caímos na real com a situação. Isso mesmo, teremos que esperar por mais quatro anos para tentar mais uma vez sermos campeões do mundo. Enquanto isso a decepção continua. 

Lembrar de toda aquela esperança que tínhamos de poder conquistar uma copa em casa e de uma hora pra outra tudo aquilo se perder. Saber que somos a única seleção considerada grande que conseguiu perder as duas copas que foram disputadas em nosso solo e ter a certeza também que não haverá outra oportunidade de tentarmos nos recuperar, é de realmente desejar que tudo aquilo não tivesse passado de um pesadelo.

Bateu uma tristeza tão grande e um aperto no peito, mas a vida tem que seguir e acredito que isso realmente só acontecerá de verdade após o domingo quando o clima do mundial for indo embora aos poucos.

Nota: Ter que assistir o Felipão dando desculpazinha furada na coletiva é de dar mais raiva ainda.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça