quarta-feira, 9 de abril de 2014

Craques do futebol mundial estampados em capas de discos

Alguns jogadores de futebol tem tanto talento que deveriam virar uma obra de arte. Há quem diga que tal time joga como música de tão brilhante que é. Então, pensando nisso o designer James Campbell Taylor colocou grandes craques da história em capas de LPs. 

Com uma sensibilidade incrível o resultado você pode ver agora abaixo.



George Best se consagrou no time Inglês do Manchester United sendo considerado um dos maiores ídolos do United de todos os tempos além de ser o melhor jogador Norte-Irlandês e Britânico da história. Apesar de estar entre os melhores jogadores da história do futebol, jamais jogou uma Copa do Mundo.




Maior artilheiro de todas as Copas com 15  gols, o Brasileiro Ronaldo é conhecido como "O fenômeno". Venceu a Copa do Mundo de 1994 e de 2002 e é considerado ídolo por todos os clubes que passou. 



Edson Arantes do Nascimento, o Pelé é considerado o maior futebolista da história. Venceu sua primeira Copa do Mundo com apenas 17 anos e ganhou o apelido de Rei do Futebol. Ao todo, como jogador ganhou 3 Copas do Mundo  (58,62 e 70) pela Seleção Brasileira e 2 Mundiais pelo Santos (62 e 63). Em toda a sua carreira, Pelé marcou 1282 gols o que lhe renderia a média de 0,94 gols por jogo.



Dentre as habilidades do jovem Bobby Charlton, estava sua notável visão cerebral de jogo: jogava como centro campista avançado recuado, concluindo fulminantemente as ações ofensivas que procurava buscar atrás, de onde também costumava desferir eficientes chutes de média e longa distância. Era também um verdadeiro gentleman da esportividade e do fair play1 e um hábil driblador. É considerado um dos melhores jogadores da história, não só do futebol inglês, mas também mundial.



Gianni Rivera foi um dos maiores jogadores de futebol da Itália de todos os tempos, foi eleito o maior jogador da Europa em 1969 com a premiação da bola de ouro, sendo o primeiro italiano a ganhar esse feito, ele é considerado por muitos o maior jogador Italiano de todos os tempos. Apesar de ter disputado 4 Copas do Mundo, não conseguiu vencer nenhuma




Conhecido como "Pantera Negra", Eusébio é considerado o melhor jogador Português de todos os tempos apesar de ter nascido em Moçambique. Ajudou a seleção Portuguesa a alcançar o terceiro lugar na Copa do Mundo de 1966 sendo o artilheiro naquela competição. 



Jogador Alemão que recebeu a alcunha de "Der Kaiser" ou "O Imperador". Foi campeão mundial pela sua seleção em 1974 e depois como treinador em 1990. Considerado como o melhor zagueiro de todos os tempos, chegou a disputar uma partida na Copa do Mundo de 1970 com um dos braços mobilizado por uma fratura. 




Cruijff , apontado como sendo o melhor futebolista Holandês de todos os tempos, foi um jogador revolucionário, tático, ofensivo, coletivo, vistoso e eficiente, inspirou muitos jogadores e treinadores a partir de suas extraordinárias atuações no Ajax e, principalmente, na Seleção dos Países Baixos, durante a Copa do Mundo de 1974. As suas atuações no mundial foram suas únicas referências para grande parte das pessoas que o conhecem; antes da cobertura ao vivo dos campeonatos estrangeiros pela TV, apenas as Copas eram vistas mundialmente de maneira especial. Cruijff encantou na Copa, mesmo com exibições consideradas abaixo das que tinha nos campeonatos europeus.
Se, atualmente, há no futebol jogadores polivalentes que podem atuar sem posição fixa no campo, sem prejuízo de suas atuações individuais, muito se deve a este genial craque e não menos a seu treinador no Ajax, Barcelona e na Seleção Neerlandesa, Rinus Michels. Mesmo mais de trinta anos passados da Copa do Mundo de 1974, os Países Baixos, Michels e Cruijff sintetizam a última revolução tática na história do futebol e serão para sempre lembrados como sinônimos do chamado futebol total, o qual os jogadores de linha se sentiam à vontade ao desempenhar todas as posições.
Visto como um pensador do futebol, costumava enfatizar a rapidez de pensamento tanto quanto a rapidez do corpo: sua característica velocidade era descrita pelo próprio como uma questão de saber a hora certa de começar a correr.



Jairzinho foi um dos heróis da Copa de 70, ocasião em que o Brasil conquistou em definitivo a Taça Jules Rimet ao sagrar-se tricampeão. Peça fundamental desta conquista, ganhou o apelido de Furacão da Copa tendo marcado gols em todas as partidas, até agora ninguém mais igualou esta marca.




O diferencial de Gerd Muller era a sua explosão e velocidade de movimentos em pequenos espaços e seu chute potente e preciso. A imprensa alemã gostava de chamá-lo de caubói por ser "rápido no gatilho e absolutamente certeiro". Com essas características, tornou-se de longe o maior artilheiro da Seleção Alemã (contabilizando seus jogos pela então Alemanha Ocidental), com incríveis 68 gols em 62 partidas, uma média quase insuperável de 1,1 gols por jogo. Artilheiro da Copa do Mundo de 1970 com dez gols, foi por muito tempo o maior artilheiro das Copas, com 14 (somado aos quatro gols que fizera na de 1974, quando foi campeão), até ser superado com o 15º gol do brasileiro Ronaldo na de 2006. 



Mário Kempes celebrizou-se como o decisivo condutor da Seleção Argentina no primeiro título desta na Copa do Mundo, na edição de 1978, realizada na própria Argentina.




Zico é considerado por muitos especialistas, profissionais do esporte e, em especial, pelos torcedores do Flamengo, o maior jogador da história do clube, e o maior futebolista brasileiro desde Pelé. Se nunca ganhou uma Copa do Mundo, o problema é da Copa. 




Doutor da bola e doutor da medicina, Sócrates foi um grande futebolista e considera um dos maiores ídolos da história do Corinthians. Sócrates notabilizou-se também por sua militância política, particularmente nos anos 1980, quando liderou um movimento pela democratização do futebol e participou do movimento pelas Diretas já!. Possuía muita facilidade para fazer jogadas de calcanhar. 




Diego Maradona é amplamente considerado um dos maiores, mais famosos e mais polêmicos jogadores do século XX. Reunia inteligência, vontade e talento, com dribles, habilidade para mudar drasticamente sua velocidade e dar giros surpreendentes. Enquanto jogador, Maradona foi reverenciado como uma divindade em seu país natal a Argentina. Seu maior momento foi na Copa do Mundo de 1986, que na opinião popular foi ganha inteiramente por El Pibe de Oro. Para muitos Argentinos, Maradona foi melhor até do que Pelé. 




Paolo Rossi e Marco Tardelli viraram capa de disco pelo fato de terem colaborado com a eliminação da melhor seleção brasileira de todos os tempos, a da Copa de 1982. Paolo Rossi foi o carrasco da favorita Seleção Brasileira, ao marcar os três gols da vitória italiana que desclassificou os sul-americanos, no que ficou conhecido como "tragédia do Sarrià" (o estádio em Barcelona onde realizou-se a partida), considerada a maior derrota do Brasil depois do Maracanazo em 1950.




Michel Platini foi também um excepcional jogador que atuou pela seleção francesa. Entre seus feitos, conquistou o primeiro título Europeu por sua seleção em 1984. Infelizmente é mais um craque que não conseguiu conquistar uma Copa do Mundo. 




Emilio Butragueño fez 26 gols pela seleção espanhola em 69 partidas quebrando o recorde de Di Stefano. Na Copa do Mundo de 1986, Butragueño entrou para história ao marcar 4 gols na vitória por 5 a 1 contra a Dinamarca (apelidada de Dinamáquina, devido aos seus resultados), eliminando-a nas oitavas-de-final. Participou também da Copa do Mundo de 1990. 




Dono de uma grande noção de posicionamento, postura imponente e elegante, velocidade e espírito coletivo, além de um enorme faro de gol, Van Basten foi um dos grandes nomes do futebol Holandês nos anos 80.



Carlos Valderrama, conhecido como "El Pibe" foi jogador e capitão da Seleção da Colômbia, e fez grande sucesso por sua técnica e seus passes precisos, principalmente nas copas de 1990 e 1994, mas seu principal ano a frente da seleção, foi a eliminatória sulamericana no ano de 1993 onde a seleção colombiana fez uma das suas melhores apresentações. Valderrama não se destacou apenas por seu futebol, ele também ficou muito conhecido pela sua vasta cabeleira loira.



A foto da capa do disco refere-se a dancinha que o atacante Camaronês Roger Milla fez ao marcar um dos seus gols na Copa do Mundo de 1990. Dono de grande técnica e famoso pela maneira como comemorava seus gols, foi um dos destaques da Copa do Mundo FIFA de 1990, na Itália, levando a Seleção Camaronesa até as quartas-de-final, fato até então inédito em copas, pois uma seleção africana até então não tinha chegado tão longe. Foi o mais velho jogador a disputar uma Copa do Mundo em 1994 e marcar um gol com 42 anos na época.   



Lineker é um dos mais celebrados futebolistas ingleses. Ficou conhecido não só pela habilidade e faro de gol, como também por seu cavalheirismo em campo. Discreto dentro e fora de campo, tornou-se um símbolo de fair-play, uma vez que em toda a sua carreira jamais recebeu cartão vermelho, nem mesmo amarelo. Foi artilheiro da Copa do Mundo de 1986.
Já Gascoigne era totalmente contrário, onde tinha um comportamento explosivo.




Roberto Baggio era um meia-atacante que possuía uma refinada técnica, velocidade e um excepcional domínio de bola, é considerado até hoje um dos maiores e mais populares jogadores da Itália, além de um dos melhores do mundo na década de 1990 e começo dos anos 2000. É considerado por muitos também,  como o melhor e mais completo jogador italiano que já se vira. Apesar de ter jogado em alto nível técnico, sua carreira ficou fortemente marcada pelo episódio ocorrido na Copa do Mundo de 1994, um pênalti desperdiçado na final contra o Brasil, que culminou no título mundial brasileiro.




Zidane foi o melhor jogador de futebol que eu vi jogar e é considerado por muitos um dos maiores jogadores de toda a história do futebol mundial. Zidane é tido como melhor jogador da história do futebol francês. Foi campeão mundial pela sua seleção em 1998 em uma final contra a seleção Brasileira e vice campeão em 2006, onde ficou marcado por uma cabeçada dada no zagueiro italiano Materazzi, culminando assim em sua expulsão. 




O Spice Boy David Beckham caracteriza-se pela precisão de seus passes e chutes de longa distância, sendo especialista em cobranças de faltas e pênaltis, tendo marcado grande parte de seus gols destas formas. Porém sua fama vem muito do extra-campo também, pois é considerado uma das personalidades mais populares no esporte e sua "beleza" lhe rendeu muitos contratos de publicidade. 

Gostaram? Fonte 

3 comentários:

  1. acho q o post deveria conter informações sobre o disco e artista tbm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não são discos verdadeiros, são só as capas.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir

Pode comentar, é de graça