sexta-feira, 3 de maio de 2013

Hugo game vs Garganta e Torcicolo

Na década de 90 surgiu dois programas de televisão com um formato bastante interativo. 

As pessoas tinham que telefonar para o programa e simplesmente jogar um jogo. Mas não um jogo qualquer e nem tão simples assim. Os jogos eram diferentes, pois eram controlados pelos telespectadores através das teclas do telefone, algo bem inovador. 

O telespectador tinha que, basicamente, jogar e movimentar um personagem de vídeo game digitando apenas as teclas numéricas do seu telefone, dando assim movimentos para o personagem (pra cima, pra baixo, direita, esquerda, pulo ou soco). 

O blog vai relembrar agora o sucesso desses dois programas que apesar de terem o mesmos formatos, eram bem diferentes entre si. Acompanhem:

Garganta e Torcicolo

Foi um programa da MTV Brasil exibido entre 1997 até o ano 2000 apresentado pelo então vocalista da banda Ratos de Porão, João Gordo e na onde tem João Gordo pode ter certeza que tem muitos palavrões e um formato não tão aconselhável para as crianças.





Este programa teve muito destaque na MTV na época, onde marcava também a estreia de João Gordo na televisão. Com o sucesso da atração, João foi convidado a apresentar novos projetos na MTV.

Era um programa de meia hora, exibido diariamente às tardes e ganhava o jogo quem desse mais porrada, matasse mais ovelhas e desviasse dos obstáculos do percurso. Depois de um tempo houve uma nova versão do jogo onde Garganta e Torcicolo usavam canhões pra detonar as ovelhinhas.

Os personagens principais do jogo eram Garganta que era um mostro azul que possuía uma voz grave e assustadora, Torcicolo que era um monstro corcunda que tinha a voz fina e a ovelhinha Giselda. A ovelhinha Giselda, por sinal, ganhou muitos admiradores que chegaram a fazer páginas no falecido orkut em sua homenagem.

Veja abaixo um vídeo da atração e veja como era divertido:


Infelizmente não encontrei um vídeo de melhor qualidade, mas acredito que foi possível relembrar um pouco. E por falar em lembrar, foi nessa atração que o personagem Fudêncio faria sua primeira aparição e posteriormente teria a seu próprio programa.

Hugo Game

No mesmo formato, o “Hugo Game”, da Rede CNT, também possibilitava a interação dos telespectadores com a atração via telefone. Hugo, fez o vídeo game parar na televisão.



Ao contrário da atração da MTV, Hugo era voltado para as crianças e divertia a família inteira sem teor apelativo. O programa foi exibido entre 1995 e 1998.

O jogo consistia em desviar o personagem Troll dos obstáculos que apareciam. E o sucesso foi tamanho que foi desenvolvido diversos jogos da série.

Além do Hugo, o programa ainda contava com a participação de outros personagens, destaque para a sua esposa, Hugolina, além de seus filhos Rit, Rat e Rut.

Não menos importante, a vilã da história era conhecida como Mortícia, uma bruxa que tentava de todas as formas impedir que o nosso herói conquistasse seu objetivo.

Hugo, além de divertido possuía muitos bordões de sucesso, que por vezes irritava um pouco durante o jogo. Entre os bordões destacavam-se:


"Não tem chororo, este jogo acabou"



"Se Liga! É a última vida"



"Subindo a montanha, sem fazer manha"



"Errei a mira, cai na China"


Veja um vídeo do jogo do Hugo e diga se não era divertido:



Vocês viram que o apresentador dava bastante emoção ao jogo né? E o Hugo sempre usando suas rimas poderosas.

Na minha opinião, esse formato de programa deveria voltar para a televisão. E não me façam escolher qual jogo era o mais divertido, pois ambos eram muito legais. Só de você telefonar e participar ao vivo de um programa televisivo já era 90% da diversão garantida. 

Pois bem, vou ficando por aqui e espero que vocês tenham gostado de lembrar um pouco do que tinha de bom na televisão nos anos 90. Abraços e até a próxima. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode comentar, é de graça